24 julho, 2017

Teresa Morais e a sua confiança na Tomar TV!


(Acho que isto está uma confusão, afinal a tal imprensa de referência que aqui que devia ser referida era "O Expresso". Pelo equivoco, peço a Vossa compreensão)

23 julho, 2017

Qual "V" qual quê? Somos (só) dois!


Ontem, sábado,no Jardim Municipal de Oeiras
O gesto começa a acompanhar-me tão insistentemente que até me apoquenta a ambiguidade. Não, não é (mais um vez) qualquer ante-visão de vitória, com uso de linguagem gestual. Estava nesse momento a dizer que, na Assembleia de Freguesia, somos só dois os eleitos pela CDU e que para dar a volta a tanta trapalhada é necessário que sejamos mais ( e seremos!)

21 julho, 2017

19 julho, 2017

O comércio local, a Heloísa e a "Gatafunho"



A "Gatafunho" é um mundo. Tinha visitado a loja, no centro histórico de Oeiras, algumas semanas antes de ir encontrar um stand seu na Feira do Livro. 
A "Gatafunho" está num local  de Oeiras que vai definhando, mas ainda lá está. A "Gatafunho" tende a ser um espaço que vale pelo que faz e para onde for já muita gente lhe vai atrás. A "Gatafunho" parece ter deixado de depender do lugar onde está, mas o lugar onde está (o centro histórico) depende muito da "Gatafunho" pois leva lá gente. A "Gatafunho" leva gente ali e também a loja ao lado e aquela outra, e a outra. O mercado? Ah, o mercado confrontado com mais uma superfície comercial a menos de 800 metros (Quinta dos Inglesinhos) está condenado. 
E a "Gatafunho"? Salva-se? Sobrevive? Quem sabe? Quem Sabe? 
Se o comércio local se salvasse teria vida eterna a "Gatafunho"!